Altos Papos

Internação aumenta chances de trombose, alerta angiologista

Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular identificou que 39% dos profissionais da área atenderam pelo menos um caso de trombose venosa ou embolia em pacientes que testaram positivo para covid-19 em 2020.

A trombose pode aparecer no paciente acometido pelo novo coronavírus, até quatro semanas após a recuperação do paciente. 

O médico angiologista Gustavo Barroso explica que esse problema ocorre quando “há uma coagulação no interior de uma determinada veia” e o internamento é uma condição que “pesa junto aos fatores de risco que o paciente já apresenta”. 

O angiologista alerta que os sintomas podem ser “dor e sensação de inchaço, mas existem tromboses que não trazem muitos sintomas”.

Dentre os fatores de risco, o Dr. Gustavo lista “a idade avançada, a presença de câncer ativo, a obesidade, sedentarismo e imobilidade” como os principais a serem observados e considerados no diagnóstico. 

“Se cuidar, se alimentar bem, ingerir muito líquido e praticar atividade física em geral. É muito importante cuidar da própria saúde”, aconselha o médico. 

Confira a entrevista completa no PodCast Altos Papos. 

Adicionar comentário

Sigas nas Redes Sociais