Altos Papos

Com bar notificado pela quarta vez por desrespeito à medidas sanitárias, Galeguinho diz sofrer perseguição política

O Bar Alambique, que fica no Ville Gourmet, na Avenida João Durval Carneiro, em Feira de Santana, foi notificado pela quarta vez, neste sábado, 28, por desrespeitar medidas sanitárias de combate à Covid-19, estabelecidas em decreto municipal. Diante da reincidência, o proprietário do estabelecimento, o vereador Galeguinho SPA disse que está sendo vítima de perseguição política.

“Infelizmente, não sei se é pelo fato de eu ser vereador, e talvez pelo motivo de ser um vereador independente, que está sempre colocando os interesses da população acima dos meus interesses, esteja pagando desta forma. Este bar, eu mantenho como um hobbie, se fechar ou continuar aberto, para mim não tem tanta diferença, mas, vem acontecendo esta perseguição que acho sim que é política, pois, a fiscalização entra no complexo onde fica o bar e vai diretamente ao meu estabelecimento, então, fico sem entender”, disse Galeguinho.

Segundo a Fiscalização Preventiva Integrada da prefeitura, nenhuma multa foi aplicada ao bar até o momento. Mas foi solicitado ao proprietário documentos do estabelecimento como alvará de funcionamento, alvará sanitário e certidão de quitação de tributos municipais, por exemplo, mas o prazo terminou e os docuemtnos não foram apresentados.

A FPI informou também que existe a suspeita de que o estabelecimento não tenha alvará de funcionamento. Por isso, o condomínio comercial onde funciona o Bar Alambique vai ser notificado para apresentar os alvarás de todos os estabelecimentos que funcionam no local.

Ao Portal Altos Papos, o vereador explicou que o estabelecimento possui alvará, mas está vencido e não foi renovado porque passou muito tempo fechado durante a pandemia.

Ainda essa semana haverá uma reunião da FPI para traçar os próximos passos para deliberar as medidas que serão adotadas. A fiscalização também informou que neste fim, de semana, o bar Tanque Cheio foi notificado pela segunda vez. A direção do bar que disse que vem obedecendo o decreto municipal e que a fiscalização, neste sábado, orientou a direção do estabelecimento a encerrar a atividade por conta de pessoas que estavam em pé no local. Eles informaram também que o alvará para funcionamento do local está atualizado. Ao trodo, 17 estabelecimentos comerciais foram abordados pela Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) .

Adicionar comentário

Sigas nas Redes Sociais